Santuário

Paróquia Nossa Senhora da Boa Viagem

08h30

11h
18h
20h
07h
18h15
07h
12h15
18h15
07h
12h15
18h15
07h
12h15
18h15
07h
12h15
18h
07h
18h15
Você está em:

A Congregação do Santíssimo Sacramento foi fundada por São Pedro Julião Eymard, em 1856, e tem como intuito maior a apresentação da Eucaristia e da hóstia consagrada. Ela coordena, através dos padres sacramentinos, a adoração perpétua e as atividades paroquiais desenvolvidas no Santuário Arquidiocesano de Adoração Perpétua – Igreja Nossa Senhora da Boa Viagem.

Padres e Diáconos

Pe. Marcelo Carlos da Silva – Provincial da Congregação dos Santíssimo Sacramento – Província Nossa Senhora de Guadalupe (Brasil, Argentina e Chile); Pároco da Igreja e Reitor do Santuário.

Pe. Antônio Geraldo Alves – Superior e Formador dos pré-noviços

Pe. Renivaldo Bruno da Cruz – Vigário e Ecônomo

Pe. Ismael Destefani – Vigário

Diác. José Elissandro Santos de Santana

Diác. Joel Fernandes Lopes

Congregação do Santíssimo Sacramento

A Congregação do Santíssimo Sacramento é um instituto religioso da Igreja Católica, fundada no ano de 1856, em Paris, por São Pedro Julião Eymard. “Nosso ideal é viver plenamente o mistério da eucaristia e revelar sua significação, para que venha o reino de Cristo e se manifeste ao mundo a glória de Deus” (Regra de Vida, n º 1). São Pedro Julião também fundou as Servas do Santíssimo Sacramento; um ramo laical e clerical de associados, Agregação do Santíssimo Sacramento. Movidos pela força eucarística os sacramentinos fundaram um ramo laical de instituto secular, o Servitium Christi. Trata-se de uma Congregação Apostólica, de direito universal (pontifício), composta de sacerdotes, diáconos e irmãos. Os sacramentinos estão presentes em vinte e nove (29) países, em todos os continentes. É organizada por Províncias e Regiões, com Governo Provinciais/Regionais e um Governo Central, em Roma (ver Cúria Geral).
A Congregação segue a Regra de Vida, atualização das Constituições de 1895, aprovada pela Santa Sé em 1984. O nome oficial da Congregação é “Congregatio Santissimi Sacramenti” e tem como sigla, que sempre segue depois dos nomes dos religiosos, SSS – Societas Santissimi Sacramenti.

Cenáculos e Apostolados. As casas religiosas ou conventos são chamadas de Cenáculos. A inspiração vem do santo fundador, São Pedro Julião Eymard. Ele desejava que cada Casa Sacramentina fosse testemunha do primeiro Cenáculo, aquela sala superior, preparada para celebrar a páscoa do Senhor.

A partir dos Cenáculos, os sacramentinos saem para espalhar o dom que receberam. O apostolado é rico, multiforme e fecundo: Paróquia, Santuário, Basílica, Serviço Social, dentre outros.

Província Nossa Senhora de Guadalupe

No início do século XX os sacramentinos chegaram nas terras latino-americanas. Primeiro no Chile; depois na Argentina e, finalmente, no Brasil. Foram organizadas as Províncias, sendo que, na Argentina-Chile conformou-se a Província Imaculada Virgem e, no Brasil, Santa Cruz. Depois de muita reflexão e estudos foi decidido unir as Províncias de Santa Cruz e Imaculada Virgem, sob o nome de Nossa Senhora de Guadalupe. O Capítulo de Unificação realizou-se no Brasil, na cidade de Belo Horizonte, em novembro de 2012.

Governo Provincial e Conselho:

  • O Conselho Provincial para o mandato 2018 – 2022 é constituído pelos seguintes padres e religioso:

    Pe. Marcelo Carlos Da Silva, sss – Superior Provincial

    Pe. Francisco Júnior De Oliveira Marques, sss – Vigário Provincial

    Pe. Antônio Jackson Alcântara Frota, sss – Ecônomo Provincial

    Pe. Vittório Baggi, sss – Conselheiro

    Ir. Gilton Ferreira de Holanda, SSS – Conselheiro

Para melhor realizar a sua missão, o mesmo governo constitui várias Comissões e equipes de trabalho. Visite o site dos sacramentinos e conheça melhor a sua história: www.sacramentinos.com